Scroll Top

RF VAGOS OPEN TROUXE O ESPETÁCULO DA DANÇA DESPORTIVA A VAGOS

VAGOS 1

Os moldavos Vladislav Untu e Polina Baryshnikova foram o grande destaque do RF Vagos Open ao sagrarem-se campeões da Europa de Dança Desportiva na vertente de 10 danças. Esta quinta edição confirmou todo o potencial que se lhe antevia, com beleza, graciosidade e uma componente desportiva de grande qualidade. Para os espanhóis Guillem Pascual e Diandra Aniela Illes foi o título do Open Mundial de Latinas.

 

Nos dias 16, 17 e 18 de setembro, decorreu no Pavilhão Municipal Dr. João Rocha, em Vagos a 5ª edição do RF Vagos Open que, no cardápio de provas continha a atração máxima: a realização do Campeonato da Europa de 10 danças e que congregou atletas provenientes de 26 países, sendo que, entre eles, estavam alguns dos melhores pares de dançarinos a nível mundial. A competição foi, mais uma vez, organizada pela Ritmo das Formas – Club de Dança e pelo Município de Vagos. Durante três intensos dias, pares provenientes das mais diversas paragens do mundo, mostraram todo o seu esplendor na pista de dança preparada especificamente para o efeito no Pavilhão Municipal de Vagos que, sobretudo, no sábado se mostrou bem composto de público à espera de ver os seus pares favoritos atuar. E, certamente, não saíram defraudados, uma vez que o espetáculo que em cada “heat” de dança foi colocado pelos atletas foi caracterizado pelo glamour dos intervenientes, pela beleza dos movimentos e pelo ritmo estonteante com que se dançou, horas a fio.

Na sexta-feira, o dia foi dedicado ao Campeonato Aberto Standard, para atletas dos 16 aos 18 anos; ao Open Mundial nas categorias de Senior II, III e IV na variante de danças Standard e ao Open Mundial Sénior II em danças Latinas. Quer os mais novos quer os mais velhos tiveram um desempenho fantástico que abria o apetite para o dia seguinte. 

Mas a sexta-feira não terminaria sem que o 5º RF Vagos Open apresentasse a sua primeira grande novidade: a realização, pela primeira vez, do Campeonato nacional de Breaking, um sucedâneo do conhecido “Break Dance”, que já é modalidade olímpica e cujas batidas bem compassadas da consola do DJ residente permitiram que os jovens em competição proporcionassem movimentos interessantes de dança urbana. 

Com a porta de sexta-feira a fechar-se de uma forma prometedora, após um descanso de poucas horas, a competição regressaria no sábado. Já com o início do Campeonato da Europa a pairar, a manhã trouxe ainda o Open Mundial Standard e o 5º Circuito Nacional na variante de Standard e Latinas. Com o início da tarde veio a tão esperada Cerimónia de Abertura do Campeonato da Europa na variante de 10 Danças. 

Esta cerimónia começaria com o hino nacional a ser interpretado pela cantora Sara Silva, ao que seguiu a entrada dos pares que, em representação de 26 países haveriam de competir pouco depois.

Os discursos protocolares estiveram a cargo da Presidente da Federação Portuguesa de Dança Desportiva, Marina Rodrigues, que fez questão de “saudar todos os atletas presentes em Vagos” esperando que eles “dançassem com paixão” e “desfrutassem desta prova em Vagos”. Já o Vice-Presidente da Federação Mundial de Dança Desportiva, o sérvio Nenad Jeftic, fez questão de saudar os atletas e de lhes endereçar as maiores felicidades para a competição. O Presidente da Câmara Municipal de Vagos, Silvério Regalado, sublinhou “o apoio que o Município de Vagos tem dado à Dança Desportiva, através desta parceria com a Ritmo das Formas na realização deste evento que já vai na sua quinta edição e que está cada vez mais consolidado.”

As expetativas que haviam sido criadas acerca da excelência destes praticantes de Dança Desportiva foi amplamente confirmada pela sua performance, com prestações de enorme beleza estética e desempenho desportivo, que arrebataram salvas de palmas consecutivas do público presente. No cômputo de todas as provas, a dupla coroada veio da Moldávia, composta por Vladislav Untu e Polina Baryshnikova, para gáudio da assistência. Os moldavos superiorizaram-se à concorrência, deixando no segundo lugar o par da Polónia Armand Fazullin/Klaudia Ivanska e no terceiro lugar a dupla dinamarquesa Errol Williamson/Ami Williamson O segundo dia de competição fecharia já depois da meia noite, com um balanço bastante positivo.

O terceiro dia do evento RF Vagos Open foi destinado ao 4º Circuito Nacional de Solos na variante de Solos Standard, Latinas e Grupos e aos Opens Mundiais de Adultos e 16-18 anos em danças Latinas, que foram interpretadas com particular espetacularidade, sendo que para o meio da tarde foi guardada uma surpresa muito especial, com uma demonstração de “Pole Dance” (a popularmente conhecida “dança do varão”) que foi promovida pela Associação Portuguesa de Varão Desportivo e que trouxe a Vagos o par que vai representar Portugal no campeonato do Mundo da especialidade,  Miguel Areias  e  Melina Kyiam, após conseguirem a qualificação no campeonato nacional de Pole & Aerial Sports. Este momento surgiu de uma forma tão surpreendente, como arrebatadora. Mas a fatia maior do espetáculo estava reservada para as finais do Open Mundial de danças Latinas com os pares a proporcionarem momentos inesquecíveis. O primeiro lugar do ´pódio foi para a dupla espanhola Guillem Pascual e Diandra Aniela Illes, deixando os alemães Artur Balandin  e Anna Sakura no segundo lugar e o par da República Checa, Thomas Gal e Sabina Karaskova em terceiro lugar. Mais uma vez, os atletas demonstraram toda a sua qualidade e graciosidade, fechando com chave de ouro esta quinta edição do RF Vagos Open.

Posts relacionados