Scroll Top

REQUALIFICAÇÃO DA EB1/JARDIM DE INFÂNCIA DE FEBRES ENTRA NA RETA FINAL

CANTANHEDE

Os trabalhos de requalificação da EB1/Jardim de Infância de Febres, que resultam de um investimento superior a um milhão de euros, entraram na reta final.

A intervenção profunda durou cerca de um ano, prevendo-se que os alunos possam usufruir das novas instalações ainda no corrente ano letivo.

Os trabalhos visaram a beneficiação das condições de conforto e bem-estar dentro das salas de aula, sala de refeições, salão polivalente e demais instalações, com melhoria em todo o edifício principal, que mantém a sua traça original, mas, no seu interior, foi alvo de uma remodelação profunda.

Para melhorar as condições de acessibilidade da comunidade escolar foram construída rampas nos acessos ao interior e ao logradouro, bem como às casas de banho.

Também a área exterior da escola (traseiras) sofreu uma significativa intervenção, tendo sido envidraçada a metade que faz a ligação com o salão polivalente, permitindo, deste modo, o acesso mais confortável a partir do interior por parte do jardim de infância.

Nas zonas de terreiro a poente e recreio/logradouro a nascente foram edificados espaços distintos para diferentes brincadeiras, com pavimentação de todo o piso existente, permitindo, assim, o seu uso de forma segura dadas as suas características antiderrapante. 

Na zona norte/nascente, o recreio amplo apresenta uma pérgola dupla e escadeada para permitir a integração gradual com o talude acentuado e, aproveitando o mesmo, foi feito um anfiteatro ao ar livre.

Esta era uma intervenção há muito desejada e necessária, inserida num vasto programa de beneficiação da rede escolar do concelho que a Câmara Municipal tem vindo promover”, explica a presidente da Câmara Municipal de Cantanhede, sublinhando que “só com instalações de qualidade e demais condições físicas e materiais, é possível almejar um ensino de excelência no Município”.

Ao enfatizar que a Educação “é um pilar da ação governativa municipal”, a líder do executivo cantanhedense recorda que “a autarquia investiu mais de 10 milhões de euros na construção de novos centros escolares e na requalificação de outros do ensino pré-escolar e do 1.º CEB, processo que vai prosseguir, no entendimento de que a educação é um fator estruturante do desenvolvimento”.

Já o vice-presidente com o pelouro da Educação, Pedro Cardoso, fala numa “obra de referência para este território educativo e a confirmação da aposta muito séria ao longo dos últimos anos na Educação”. “Para o Município de Cantanhede cada cêntimo gasto nesta área, é um investimento importantíssimo nas pessoas, numa educação de qualidade, no fundo uma aposta no futuro”, entende.

De salientar que a par da construção, reabilitação e requalificação dos equipamentos escolares, que continua a ser uma das prioridades do executivo municipal, muitas são as ações e investimentos significativos, necessários e criteriosos, para apoiar as famílias e proporcionar à comunidade escolar as ferramentas necessárias para promover a inclusão e o sucesso escolar dos alunos. 

Posts relacionados