Scroll Top

MUNICÍPIO E ASSOCIAÇÃO DE PESCA DESPORTIVA DA PRAIA DE MIRA UNEM ESFORÇOS NA PRESERVAÇÃO E PROMOÇÃO DA ARTE XÁVEGA DA PRAIA DE MIRA 

MIRA

A Câmara Municipal de Mira e a Associação de Pesca Desportiva da Praia de Mira unem esforços através da assinatura de um protocolo que estabelece o apoio financeiro da autarquia à associação, reconhecendo-a como entidade parceira na preservação e promoção da Arte Xávega da Praia de Mira, um elemento vital do património concelhio que desempenha um papel crucial na divulgação da cultura e no impulso ao turismo local.

O protocolo ora estabelecido define o apoio financeiro a ser concedido à associação, destinado a impulsionar as atividades de manutenção, qualificação e dinamização da Arte Xávega da Praia de Mira.

Os fundos atribuídos visam facilitar diversas iniciativas, incluindo a promoção de ações de sensibilização junto da comunidade escolar para divulgar e valorizar a arte xávega, o apoio à participação em iniciativas de limpeza do areal promovidas ou apoiadas pela Câmara Municipal, bem como a realização de eventos gastronómicos relacionados com esta tradição piscatória.

Além disso, o protocolo estabelece o compromisso da autarquia em promover e apoiar, junto das entidades competentes da administração central, todas as ações desenvolvidas pela associação que visem a proteção, o desenvolvimento e a perpetuação da arte xávega.

O Presidente da Câmara Municipal de Mira, Artur Fresco, diz estar confiante de que esta parceria trará benefícios significativos para a comunidade e para todos os amantes desta arte tradicional.

“É com grande satisfação que assinamos este protocolo com a Associação de Pesca Desportiva da Praia de Mira, reafirmando o nosso compromisso em preservar e promover a Arte Xávega da Praia de Mira, fundamental no desenvolvimento do turismo local e na promoção da nossa identidade enquanto comunidade.

Esta tradição secular não só enriquece o nosso património cultural, como também desempenha um papel fundamental na economia local, com grande impacto económico nas famílias que subsistem através desta arte”, refere o edil Mirense.

O protocolo foi assinado esta quarta-feira, 10 de abril, durante a Reunião da Comissão de acompanhamento da Xávega, que decorreu no Atrium Mira.

 



Posts relacionados