Scroll Top

MUNICÍPIO DE CANTANHEDE PROMOVE SEMANA DA FLORESTA COM AÇÕES DE SENSIBILIZAÇÃO  

CANTANHEDE

Até amanhã, dia 23 de março, são várias as ações de sensibilização que vão decorrer no Município de Cantanhede, no âmbito da Semana da Floresta. A iniciativa é da Câmara Municipal, a propósito do Dia Internacional das Florestas (21 de março) e está a ser desenvolvida com base num programa elaborado pelo Gabinete Técnico Florestal, que tem a seu cargo a dinamização de ações que envolvem a participação de mais de 300 alunos dos diversos graus de ensino.

Tendo como mote “Florestas e Inovação: Novas Soluções para um Mundo Melhor”, o objetivo dessas ações é promover o reconhecimento do papel fundamental da tecnologia e da inovação na preservação dos ecossistemas florestais, e em simultâneo fomentar a reflexão sobre a importância da floresta e os cuidados que ela requer.

A exposição “Viver a Floresta” já está patente ao público nos claustros dos Paços do Concelho de Cantanhede até hoje, 22 de março, podendo ser visitada nesse período durante o horário de funcionamento dos serviços municipais. 

Constituída por exemplares de espécies autóctones, exóticas e invasoras existentes no concelho, a exposição propõe-se a mostrar que a floresta não é apenas um conjunto de árvores, mas sim um complexo ecossistema onde habitam e se relacionam um grande número e variedade de seres vivos, muitos dos quais exóticos e invasores.

Na passada terça e na quinta, respetivamente, alunos da EB1/Jardim de Infância de Vilamar e da Escola Pedro Teixeira tiveram a oportunidade de explorar a biodiversidade local.

Na quarta-feira, a EB1 da Sanguinheira aprenderam sobre a importância da proteção florestal e como contribuir para esse fim.

Na quinta e sexta-feira realizaram-se atividades no âmbito do projeto “Literacia para a Floresta”, com os alunos da Escola Básica João Garcia Bacelar da Tocha e da EB 2,3 Carlos de Oliveira de Febres, respetivamente.

Ainda na quinta-feira, os estudantes do 5.º e do 6.º ano da Escola Básica Marquês de Marialva participaram na plantação de espécies autóctones no exterior deste estabelecimento de ensino. 

Já na sexta-feira, os alunos mais jovens da EB1 Cantanhede Sul exploraram e conheceram as árvores do Parque Verde, através da realização de um ‘peddy paper’.

A semana termina no sábado, dia 23 de março, com uma atividade aberta à população em geral, dedicada à segurança na realização de queimas de amontoados, na Tocha.

As atividades programadas estão alinhadas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 das Nações Unidas, especialmente com a Produção e Consumo Sustentáveis (12), Ação Climática (13) e Proteger a Vida Terrestre (15).

Estas metas visam proteger, restaurar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, travar e reverter a degradação dos solos e a perda da biodiversidade. 

Posts relacionados