Scroll Top

MUNICÍPIO DE CANTANHEDE OFERECE CABAZES DE NATAL A FAMÍLIAS CARENCIADAS 

CANTANHEDE

O Município de Cantanhede ofereceu 37 cabazes de Natal à Conferência de São Pedro, da Sociedade de São Vicente de Paulo, para que, entretanto, esta instituição social proceda à sua distribuição pelas famílias vulneráveis acompanhadas pelos Vicentinos no concelho de Cantanhede.

A entrega simbólica dos cabazes ocorreu na segunda-feira, 18 de dezembro, no salão nobre dos Paços do Concelho, numa sessão na qual marcaram presença a presidente da Câmara Municipal, Helena Teodósio, a vereadora da Ação Social e Saúde, Célia Simões, e os representantes daquela instituição de solidariedade.

Estes gestos são muito importantes, porquanto proporcionam a quem precisa algum bem-estar nesta quadra que queremos que seja vivida por todos com paz e esperança”, referiu a presidente da Câmara Municipal, Helena Teodósio.

Na ocasião, a autarca elogiou uma vez mais “o empenho da Conferência de S. Pedro da Sociedade de S. Vicente de Paulo nesta causa de ajudar quem mais precisa”, lembrando que um dos maiores desígnios da autarquia é “criar condições para que as situações de vulnerabilidade económica e social sejam completamente erradicadas”.

Já a vereadora Célia Simões acentuou que a oferta dos cabazes de Natal é apenas uma das ações do trabalho de apoio social que a autarquia realiza ao longo do ano.

O trabalho desenvolvido com a ajuda das IPPS e de muitos voluntários constitui uma resposta social muito importante, ainda mais na conjuntura atual, em que é preciso atender aos casos de emergência social que vão surgindo”, acrescentou.

Constituídos por produtos de primeira necessidade, que habitualmente fazem parte da consoada, os cabazes de Natal representam uma iniciativa de carácter social solidária, com a qual a Câmara Municipal pretende proporcionar às famílias que enfrentam maiores dificuldades alguns bens que não devem faltar em nenhum lar nesta altura do ano.

Recorde-se que, além dos cabazes distribuídos através da Conferência de S. Pedro, a autarquia adquiriu cerca de 250 cabazes de Natal para atribuição às famílias vulneráveis do concelho, processo que está a ser operacionalizado, como habitualmente, pela Divisão de Ação Social e Saúde em articulação com as Juntas e Uniões das Freguesias.

Posts relacionados