Scroll Top

MÉRITO DESPORTIVO VALE APOIO FINANCEIRO A OITO ASSOCIAÇÕES DO CONCELHO 

CANTANHEDE

O Município de Cantanhede entregou, no dia 29 de novembro, os subsídios que premeiam os resultados desportivos obtidos por atletas e equipas federadas em provas oficiais, das associação desportivas do concelho. No total, foram entregues 40 mil euros, mais 10 mil euros face a 2022, a oito associações desportivas. 

Estes subsídios constam do subprograma 4 do Regulamento de Apoio às Associações Desportivas, que prevê a sua atribuição de acordo com a pontuação obtida pelo conjunto de todas as modalidades desportivas federadas de cada associação desportiva.

Para a presidente da Câmara Municipal, Helena Teodósio, “com as excelentes performances individuais e coletivas, as associações desportivas do concelho estão a promover Cantanhede de uma forma positiva”. 

Este apoio, que consta do regulamento municipal do desporto, constitui um estímulo, mas é também o reconhecimento, por parte da Câmara, do papel relevante das instituições desportivas do concelho, que além da vertente de competição, desenvolvem uma atividade decisiva na promoção da atividade física”, enfatiza.

Entre os desempenhos que contribuíram para a atribuição dos subsídios estão a participação em provas europeias, assim como títulos de campeão nacional e distrital. Foi ainda reconhecido pelo Município de Cantanhede a presença nas seleções nacionais de diversas modalidades.

As associações desportivas distinguidas foram a União Recreativa de Cadima, Academia CantanhedeGym, Associação Desportiva Cantanhede Cycling, Clube de Futebol “Os Marialvas”, Ançã Futebol Clube, Gira Sol, Clube de Voleibol da Tocha e Associação de Solidariedade Social Sociedade Columbófila Cantanhedense.

De referir que já este ano, no âmbito do Regulamento de Apoio às Associações Desportivas, a autarquia entregou a 28 associações desportivas um apoio global de cerca de 120 mil euros.

A par deste montante, são investidos 600 mil euros em manutenção de instalações desportivas, 100 mil euros em apoio financeiro para eventos desportivos e 150 mil euros em despesas de capital de apoio às associações.

De referir, por outro lado, as obras recentemente concluídas em Febres, com a colocação de um relvado sintético de futebol de 11 no parque desportivo, cujo investimento ascendeu a 400 mil euros, ou a intervenção em curso no Complexo Desportivo de Cantanhede, orçada em mais de 3,2 milhões de euros.

Posts relacionados