Scroll Top

FEBRES HASTEOU A BANDEIRA ECO-FREGUESIAS XXI 2023

CANTANHEDE

A freguesia de Febres hasteou no passado sábado, 29 de julho, a bandeira Eco-Freguesias, símbolo do Galardão Eco-Freguesias XXI 2023, que distingue as freguesias com melhores práticas de sustentabilidade implementadas nos últimos 2 anos, não apenas no domínio ambiental, mas também socioeconómico e cultural. No concelho de Cantanhede, também a freguesia de Ançã mereceu este distinção.

A sessão ficou marcada pela presença de peregrinos da Polónia, Venezuela, Itália, Letónia e Brasil, que se encontravam no concelho no âmbito dos “Dias nas Diocese”, que antecederam a Jornada Mundial da Juventude, em Lisboa. 

Depois da presidente da Junta de Freguesia de Febres, Raquel Grilo, se congratular com esta distinção e sublinhar a importância de receber esta distinção, o vice-presidente da Câmara Municipal de Cantanhede, Pedro Cardoso, referiu que “este galardão reflete a aposta e centralidade desta temática nas políticas autárquicas e destacou a importância desta consciência de que a sustentabilidade ambiental é um desafio e um trabalho de todos”.

O autarca lembrou, a propósito, o facto de o Município de Cantanhede ostentar o galardão ECO XXI, o que reforça o trabalho positivo efetuado nesta área, mas também os 16 estabelecimentos de ensino do concelho que têm içadas Bandeiras Eco-escolas. No fundo, sintetizou, “estas distinções são resultado do envolvimento empenhado das instituições, mas igualmente da sociedade civil”.

O Eco-Freguesias XXI contribui para a implementação do número 11 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ONU, Agenda 2030) – comunidades inclusivas, resilientes, seguras e sustentáveis, alinhando-se diretamente com os três eixos da ENEA – Estratégia Nacional de educação Ambiental: economia circular, descarbonizar a sociedade, valorizar o território”, concluiu.

A cerimónia contou ainda com a presença dos vereadores Sérgio Negrão e José Santos, de responsáveis da Junta e Assembleia de Freguesia de Febres, do diretor do Agrupamento de Escolas Lima-de-Faria, José Soares, do administrador da INOVA-EM, Luís Pedro Castro, do coordenador do COT Gandarês, Emanuel Silva, além de representantes de associações.

A terminar, o vice-presidente da Câmara deixou uma mensagem aos jovens peregrinos, recordando as palavras de João Paulo II, Bento XVI e Francisco – “aprender a cuidar do que é comum, da nossa Casa”. “Esta bandeira verde também tem essa esperança que depositamos na juventude, pois é nas vossas mãos que está o nosso futuro”, concluiu.

Posts relacionados