Scroll Top

EXPOSIÇÃO TRAÇOS E RISCOS DE JORGE AZEVEDO NA BIBLIOTECA MUNICIPAL DE CANTANHEDE

Traços_Riscos_acrilícos_Jorge_Azevedo_III-min

Está patente na Biblioteca Municipal de Cantanhede, até ao final do mês de agosto, a exposição Traços e Riscos, pintura em acrílico de Jorge Azevedo. A mostra é constituída por dezanove pinturas elaboradas com recurso a acrílico sobre tela, dois trabalhos em mesas de madeira pintada e dois candeeiros, igualmente pintados pelo artista. 

Recentemente, Jorge Azevedo tem-se dedicado de forma regular a esta atividade artística, recorrendo à sua técnica favorita de pintura, o acrílico sobre tela, explorando temáticas com recurso a composições onde traços e de riscos são uma constante. O artista apresenta nos seus trabalhos, figuras esguias e temas geométricos, que faz ressaltar pela utilização de cores básicas contrastantes, como o branco, o preto e o vermelho, causando grande impacto visual. 

 

Sobre Jorge Azevedo

Jorge Azevedo nasceu em Cantanhede, em 1953. Após terminar o ensino primário, com dez anos, foi aprender a profissão de carpinteiro e marceneiro, numa indústria local. Aos dezoito anos foi “a salto” para França, onde trabalhou até aos vinte e um anos, regressando a Portugal para cumprir o serviço militar na Força Aérea, em Tancos.

Terminado o serviço militar em 1976, regressou a França onde permaneceu nove anos, continuando a trabalhar no ramo da carpintaria e marcenaria. A sua vida profissional prosseguiu sempre na mesma área, em Portugal e na Suíça, onde permaneceu até se reformar.

Desde jovem que Jorge Azevedo se interessa por arte e design, tendo produziu os seus primeiros trabalhos de pintura quando ainda se encontrava no ativo.

Posts relacionados