Scroll Top

COMUNICADO DO MUNICÍPIO DE CANTANHEDE

comunicados

Face às notícias tornadas públicas esta quarta-feira, 12 de abril, de um alegado interesse do Município de Cantanhede em integrar, através da Empresa Municipal INOVA, uma empresa intermunicipal de água e saneamento, proposta pela Águas de Coimbra, a Presidente da Câmara Municipal de Cantanhede, Helena Teodósio, esclarece:

 

  1. Em momento algum foram estabelecidos contactos entre responsáveis da Águas de Coimbra e o Município de Cantanhede, que detém a 100% a Empresa Municipal INOVA, com vista a um hipotético cenário de integração desta última numa empresa intermunicipal.

 

  1. É falso, assim, o “interesse manifestado” pelo Município de Cantanhede nessa integração, que consta das referidas notícias.

 

  1. O Município de Cantanhede não equaciona, nem nunca equacionou, a integração da INOVA-EM num sistema intermunicipal.

 

  1. A INOVA-EM é uma entidade gestora de referência a nível nacional, relativamente aos serviços públicos de abastecimento de água, águas residuais e resíduos urbanos, como atestam os inúmeros prémios atribuídos pela ERSAR – Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos.

 

  1. A par disso, é missão da INOVA-EM garantir, a um custo socialmente aceitável, a qualidade dos serviços de abastecimento de água, águas residuais e resíduos urbanos, cenário que não estaria, à partida, garantido face a uma hipotética integração num sistema intermunicipal.

 

  1. O Município de Cantanhede desmente, desta forma, o teor das notícias tornadas públicas esta quarta-feira, 12 de abril, lamentando a utilização abusiva dos nomes da INOVA-EM e do Município de Cantanhede em contextos aos quais são completamente alheios.



Posts relacionados