Scroll Top

CANTANHEDE COM FIM-DE-SEMANA PROLONGADO EM CHEIO

CANTANHEDE

Cantanhede foi palco de inúmeras atividades ao longo dos últimos cinco dias, com vários eventos que atraíram centenas de visitantes à cidade.

O pontapé de saída foi dado ao final da tarde de quarta-feira, 7 de junho, com mais uma edição do festival “Tapas & Papas” e terminou com chave de ouro com a primeira edição do Street Gaming Cantanhede, que reuniu os amantes dos videojogos durante três dias numa tenda instalada na Praça Marquês de Marialva.

Ficou provado, mais uma vez, que Cantanhede pode acolher vários eventos em simultâneo, destinados a diferentes públicos. Do ponto de vista turístico, é também uma mais-valia, pois quem nos visita fica a conhecer um pouco mais do concelho, seja do ponto de vista patrimonial, seja da nossa rica e variada gastronomia”, explica a presidente da Câmara Municipal, Helena Teodósio.

A autarca considerou este “o arranque perfeito para um verão recheado de eventos, cujo ponto alto será a Expofacic”.

No jardim municipal contíguo à Praça Marquês de Marialva, decorreu mais uma edição do “Tapas & Papas”, organizado pela União de Freguesias de Cantanhede e Pocariça e que contou com o apoio do Município. Este evento, que se prolongou por cinco dias, cumpriu o objetivo de divulgar e promover duas vertentes ancestrais da cultura local: a gastronomia e o artesanato.

A mostra foi proporcionada por 18 artesãos da freguesia, que apresentaram trabalhos em cerâmica, ferro, madeira, vime, couro, pintura, trabalhos decorativos e afins.

Na vertente gastronómica, o evento deu a provar os sabores e aromas da região. As coletividades aprumaram-se a levar à mesa os apreciados petiscos da rica tradição culinária da Bairrada e da Gândara.

O programa de animação musical e cultural também foi diversificado, com música, dança, cinema e folclore, e com a presença obrigatória de bandas filarmónicas e grupos emergentes.

No dia 8, quinta-feira, realizou-se a 1.ª Conferência ZX Spectrum em Portugal, uma iniciativa do Museu LOAD ZX que trouxe a Cantanhede diversas personalidades ligadas ao mundo tecnológico.

Em continuidade, outro evento marcante, que teve uma estreia de sucesso foi o “Street Gaming Cantanhede”, que entre sexta-feira e domingo reuniu na cidade muitas centenas de aficionados dos videojogos.

O evento teve organização conjunta da Câmara Municipal de Cantanhede e do Museu LOAD ZX, através da Associação Geração Spectrum, e contou com a parceria da MF/Gaming.

O festival dividiu-se entre uma tenda de cerca de 400 metros quadrados, instalada na Praça Marquês Marialva, com uma dinâmica mais lúdica, e o Museu LOAD ZX, situado a poucos metros de distância, onde esteve patente uma exposição sobre a história do Gaming, com equipamentos mais antigos do mundo dos videojogos em complemento ao espólio já único do museu.

Para além das zonas para jogar com arcades originais da época, uma zona de retrogaming com computadores e consolas, e ainda computadores atuais para jogar Fortnite ou outros jogos, os visitantes tiveram também oportunidade de jogar no palco, numa PlayStation 5, jogos como Crash Team Racing, Dragon Ball FighterZ, Overcooked, Tetris® Effect: Connected e Team Sonic Racing, além dos torneios de Mortal Kombat 11 e FIFA 23 e os concursos / quizzs sobre videojogos.

Um dos pontos altos foi também o concurso de cosplay, em que jovens encarnam personagens dos videojogos e da cultura pop e que abriu de forma surpreendente com uma recriação teatral de combates de Street Fighter II por parte do coletivo Insanity. Naturalmente, o outro momento mais aguardado que atraiu uma legião de fãs foram os meet&greet com dois dos maiores streamers portugueses, o Impakt e o MoveMind. 

Esta foi, claramente, uma aposta ganha. É com eventos diferenciadores como este que atraímos novos públicos a Cantanhede. O Street Gaming Cantanhede foi também mais um passo na afirmação e consolidação do Museu LOAD ZX, projeto que o Município acarinha e apoia desde o início”, considerou o vice-presidente da autarquia, Pedro Cardoso, que elogia “o rasgo e entusiasmo” de João Diogo Ramos, fundador e curador do espaço museológico.

Já João Diogo Ramos destacou o papel que a equipa que se uniu à volta do Museu LOAD ZX teve para o resultado e expressou o “enorme orgulho pelo trabalho realizado e por mostrarmos que podemos fazer deste o evento de videojogos da região”. 

Sábado, 10 de junho, foi dia de Portugal, mas também de jazz em Cantanhede. O Happy Jazz Day celebrou o Festival Internacional Dixieland, que regressa à cidade em 2024, e trouxe às ruas de Cantanhede e às praias fluviais e piscina natural de Ançã as alegres melodias e os contagiantes ritmos do Dixie, que não deixaram ninguém indiferente.

O evento terminou com a apresentação em palco das bandas Seven Dixie, Xaral’s Dixie, Roaring Emily Jazz Band e a icónica formação Dixie Gang, no jardim municipal contíguo â Praça Marquês de Marialva.

Não podíamos deixar de celebrar este ano o grande Festival Internacional Dixieland, que estará de volta no próximo ano. Trata-se de uma marca distintiva no nosso calendário cultural, que atrai cada vez mais pessoas”, observou Pedro Cardoso.

Entre videojogos, jazz, gastronomia e artesanato, Cantanhede ainda proporcionou um dia diferente aos amantes dos carros clássicos ingleses.

O concelho foi palco, no sábado, do 3.º Encontro Ingleses do Centro, que reuniu carros clássicos e pré-clássicos de marcas como Jaguar, MG, Triumph, Land Rover, Ford, Austin-Healey, Mini e Austin Morris, entre outras. 

A comitiva, que viajou desde Coimbra, foi recebida nos Paços do Concelho pela presidente e pelo vice-presidente do Município, Helena Teodósio e Pedro Cardoso, respetivamente, e depois visitou a coleção particular de motos antigas de Henrique Sobral.

Da parte da tarde, os pontos de paragem foram as freguesias de Covões e Camarneira e Ançã.

Posts relacionados