Scroll Top

VISITAS TÉCNICAS LEVAM À DESCOBERTA DOS ITINERÁRIOS NAPOLEÓNICOS

DO OUTRO LADO

O consórcio dos Itinerários Napoleónicos promoveu, no dia 21 de junho, a visita à Mata do Bussaco e aos territórios da Mealhada, de Mortágua e de Penacova, no âmbito de um programa de visitas técnicas que decorreram, durante toda a semana, aos territórios marcados pelas Invasões francesas.

“Estas visitas são muito importantes para a sensibilização dos agentes de turismo, na medida em que os operadores vivenciam in loco as experiências para melhor as poderem promover junto dos seus públicos”, sublinhou Filomena Pinheiro, vice-presidente da Câmara Municipal da Mealhada.

Na região do Bussaco, a visita centrou-se no Museu Militar, no Obelisco, monumento comemorativo da batalha do Bussaco, e no Centro de Interpretação Mortágua na Batalha do Bussaco.  A visita incluiu ainda locais percorridos aquando das Invasões Francesas, como os pontos de pernoita das tropas, no Barril, em Mortágua, e os postos de comando, em Santo António do Cântaro, em Penacova.

Esta atividade tem como objetivo dar a conhecer o património histórico-militar associado às invasões napoleónicas nos concelhos que integram este consórcio, de Almeida às Linhas de Torres, fazendo que os agentes turísticos de um município sejam capazes de prestar informação de um outro município no que respeita aos Itinerários Napoleónicos.

As visitas prosseguem, até dia 20 de julho, no Bombarral, Lourinhã, Torres Vedras, Sobral M. Agraço e Almeida, depois de já terem passado por Vila Franca de Xira, Arruda dos Vinhos, Mafra e Loures.

Posts relacionados