Scroll Top

REABILITAÇÃO DOS BAIRROS DO INGOTE E DA ROSA JÁ CONTA COM 56 CASAS CONCLUÍDAS 

DO OUTRO LADO

O presidente da Câmara Municipal (CM) de Coimbra, José Manuel Silva, e a vereadora com o pelouro da Habitação, Ana Cortez Vaz, visitaram, no final da semana passada, as obras de reabilitação de 105 habitações nos bairros da Rosa e do Ingote, que se encontram em curso. Trata-se de um investimento de 3.215.459,56 euros, concretizado no âmbito do programa “1.º Direito”. Neste momento, já foram concluídas 56 casas do total de 105 reabilitações previstas. 

 

No âmbito do programa de apoio ao acesso à habitação “1.º Direito”, foi celebrado a 30 de junho de 2021 um protocolo com o Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, IP, para recuperar 86 habitações municipais no Bairro da Rosa e 33 habitações no Bairro do Ingote. Como já estavam em conclusão as obras em 14 habitações nestes bairros, foram apenas incluídas no envelope financeiro as restantes 105, mais concretamente 75 do Bairro da Rosa e 30 do Bairro do Ingote.

 

Após o levantamento das necessidades, a obra foi dividida em dois lotes de 15 habitações cada no Bairro do Ingote – fase de obra concluída, adjudicada à empresa Ramal Pombeiro, Construções Lda, por 827.404,70 euros, a 3 de maio de 2022, – e em três lotes no Bairro da Rosa (lote 3 – 23 frações, lote 4 –25 frações e lote 5  -27 frações). São 75 habitações ao todo, que representam um valor de 2.388.054,86 euros e que foram adjudicadas às empresas Conway, Lda. (Lote 3) e Veiga Lopes, SA (lotes 4 e 5). As obras foram, agora, visitadas pelo presidente José Manuel Silva e pela vereadora Ana Cortez Vaz.

 

Para além das 30 casas do Bairro do Ingote, já recuperadas, a Câmara Municipal já recebeu 26 casas das 75 programadas no Bairro da Rosa – cinco habitações do Lote 3 e 21 apartamentos dos Lotes 4 e 5. As intervenções passam, sobretudo, pela demolição de paredes/muretes existentes, remoção de pavimentos e substituição por pavimentos de mosaicos e/ou vinílico, incluindo rodapés, pinturas de paredes e tetos. A obra inclui, ainda, limpeza prévia, substituição de carpintarias, nomeadamente substituição de portas interiores, móveis de cozinha e roupeiros e de porta de acesso à fração.

 

Das empreitadas constam, também, intervenções nas instalações sanitárias, incluindo a substituição de revestimento de pavimentos e paredes, substituição de peças sanitárias, inclusão de base de duche em vez de banheira, renovação de rede de abastecimento de águas, na cozinha e instalação sanitária, incluindo ajuste de rede existente para AQS, cujas infraestruturas serão executadas, renovação da rede de saneamento no interior da fração, na cozinha e instalação sanitária, cujas infraestruturas serão executadas, intervenção na rede de gás que será reajustada, existindo, conforme o lote, gás natural ou gás de garrafa e renovação de toda a instalação elétrica e infraestruturas de telecomunicações.

Posts relacionados