Scroll Top

PROJETO “CENTR(AR): PULMÕES EM ANDAMENTO” PROMOVEU REABILITAÇÃO RESPIRATÓRIA DA COMUNIDADE

DO OUTRO LADO

No dia 21 de junho, o projeto “Centr(ar): Pulmões em andamento” terminou com uma conferência que decorreu na Universidade de Aveiro. O Município de Montemor-o-Velho foi um dos investidores sociais da iniciativa dirigida a pessoas com doença respiratória crónica (DRC) e esteve representado no evento por Célia Craveiro, adjunta do Presidente da Câmara Municipal.

Ao avançar que a iniciativa “assumiu um caráter de extrema importância na comunidade de Montemor-o-Velho, principalmente no combate ao isolamento social”, Célia Craveiro reiterou: “Sentimo-nos lisonjeados por sermos o único Município parceiro que não pertence ao distrito de Aveiro. Estaremos sempre disponíveis para colaborar com projetos e iniciativas que tragam um real benefício para os participantes, tanto a nível pessoal como ao nível do reforço das competências comunitárias”.

No decorrer da conferência “Centr(ar): a pessoa e a reabilitação respiratória” foram apresentados os resultados obtidos nos Municípios parceiros do projeto – Aveiro, Estarreja, Oliveira do Bairro e Montemor-o-Velho -, num painel de partilha de experiências, que contou, também, com a participação de um utente do concelho de Montemor-o-Velho que integrou o projeto.

Recorda-se que o Centr(ar) realizou, no concelho de Montemor-o-Velho, 4 programas de reabilitação respiratória desde 2020, num total de 18 doentes com DRC referenciados pelas unidades de saúde locais, dando-lhes a oportunidade de usufruir, de forma gratuita, de um acompanhamento regular de técnicos especializados, com sessões de reabilitação respiratória.

Desenvolvido pela Universidade de Aveiro-Escola Superior de Saúde, no âmbito da atividade do Laboratório de Investigação e Reabilitação Respiratória (Lab3R), o projeto “Centr(Ar): Pulmões em Andamento” contou com a colaboração com o Centro Hospitalar do Baixo Vouga, a Administração Regional de Saúde do Centro e os Municípios de Aveiro, Estarreja, Oliveira do Bairro e Montemor-o-Velho, foi apoiado pela iniciativa Portugal Inovação Social e cofinanciado pelo Fundo Social Europeu, Portugal 2020 e Poise – Programa Operacional Inclusão Social e Emprego.