Scroll Top

“PEDRA BRANCA” VENCE GRANDE PRÉMIO DE LITERATURA BIOGRÁFICA DA APE E DA CM COIMBRA

DO OUTRO LADO

Um júri, coordenado por José Manuel Mendes, constituído por Cristina Robalo Cordeiro, Fernando Batista e Helena Carvalhão Buescu, atribuiu, por unanimidade, o Grande Prémio de Literatura Biográfica Miguel Torga – Associação Portuguesa de Escritores (APE)/Câmara Municipal (CM) de Coimbra ao livro “Pedra Branca” (Caminho), de Ethel Feldman e de Miguel Vale de Almeida.

 

Na ata o júri fundamenta a sua escolha: «… esta obra apresenta uma riqueza e uma originalidade que vão além da questão do género, que a sua forma coloca – e que aliás a própria designação do prémio acolhe. Entendido como uma “experimentação”, desconfiando da “ilusão biográfica”, este livro toca num ponto essencial e sensível: o do valor absoluto da pessoa humana, num contexto histórico complexo, fora de qualquer brilho ou notoriedade. Trata-se de um excelente exemplo de como a biografia de uma época (grosso modo, o século XX) se casa na perfeição com uma história pessoal de vida, que faz da biografia de uma pessoa (Rosa) um retrato de uma família e um retrato social (conjugado com o seu ethos). As duas perspetivas diferentes, uma mais pessoal e outra de cariz antropológico, conjugam-se aqui de forma complementar e enriquecedora. Livro muito bem escrito, oferece uma narrativa biográfica de grande finura, e com significativo alcance sociopolítico, além de pessoal e étnico.»

 

Nesta 3.ª edição da Grande Prémio de Literatura Biográfica Miguel Torga, uma iniciativa conjunta da Associação Portuguesa de Escritores e da Câmara Municipal de Coimbra, concorreram 21 obras, publicadas no ano de 2022.

 

O valor monetário deste Grande Prémio é, para quem foi distinguido, de 12.500 euros.

 

A cerimónia de entrega do prémio vai ter lugar no próximo dia 4 de julho, Dia da Cidade, em Coimbra.

Posts relacionados