Scroll Top

OPINIÃO: ESCREVER FORA DA CAIXA

Opiniao

Início. 

Encontrar um assunto sobre o qual escrever é o desafio que aqui me proponho, 

Do outro lado, isto é, do seu lado como leitor, só poderá existir a disponibilidade para o ler. Se tal não vier a acontecer o assunto fica por aqui e só a si dirá respeito. 

Mas como ultrapassou a leitura do primeiro parágrafo, e que ainda continua a leitura, lembro que o texto terá várias polissemias e formas de ser lido. Eu estou o a escrever, e só se vinculará a ele como leitor.

 Se a sua abordagem for pelo simples prazer de fruir da leitura, caso tal seja possível, a sua visão estética apenas o vinculará a si, e não a quem escreve estas linhas.

Se procura encontrar na leitura uma ideologia que se adapte, positiva ou negativamente, à norma do seu grupo, isto é, uma leitura política, então só o leitor se vinculará à leitura.

A intenção de quem escreve é o texto no seu sentido original. O desejo de quem escreve só depende do momento da escrita e o destinatário da mensagem, não das suas possíveis leituras. 

Se fizer uma leitura de descoberta, de investigação na busca de encontrar respostas mesmo que incompletas às questões formuladas, aí, além da vinculação do leitor, se vincular-se-á também quem escreveu o texto tendo em atenção o momento da sua escrita.

Mas tudo é possível e legítimo.

Cada um lerá como quiser e o que quiser. 

Uma só garantia aqui lhe deixo: o mais certo é eu estar possivelmente errado.

Manuel Ribeiro. Engenheiro, músico.

Posts relacionados