Scroll Top

MUNICÍPIO DE COIMBRA ASSINALA DIA PARA A ERRADICAÇÃO DA POBREZA A 20 DE OUTUBRO NA CASA MUNICIPAL DA CULTURA

DO OUTRO LADO

A Câmara Municipal (CM) de Coimbra vai assinalar o Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza e Exclusão Social, a 20 de outubro, com uma mesa-redonda subordinada ao tema “As consequências do aumento do custo de vida na realidade da pobreza”, que inclui diversas intervenções sobre a temática, reflexões sobre a metodologia “photovoice” e o lançamento da exposição itinerante “Um Olhar Sobre a Pobreza e a Exclusão Social”. O programa, organizado no âmbito da Rede Social de Coimbra, vai decorrer das 14h30 às 17h00, na sala Francisco Sá de Miranda da Casa Municipal da Cultura. 

O evento tem início pelas 14h15, com a sessão de abertura a cargo da vereadora da Habitação e Ação Social da CM de Coimbra, Ana Cortez Vaz, e encerra às 17h00, com o discurso final a caber ao diretor do Departamento de Habitação e Ação Social da CM de Coimbra, Francisco Rodrigues.

Às 14h30 começa a mesa-redonda sobre “As consequências do aumento do custo de vida na realidade da pobreza”, que vai contar com as intervenções de Ana Cortez Vaz, que irá fazer uma reflexão sobre o aumento do custo de vida e as respostas sociais na habitação em Coimbra; de Ana Moura e de Paula Marques, do Serviço de Emergência Social da CM de Coimbra, que irão falar sobre os constrangimentos sentidos pelas famílias que procuram o Serviço de Emergência Social e o Rendimento Social de Inserção; de Mafalda Pedrosa, técnica do Centro Distrital de Coimbra – Instituto de Segurança Social, que irá explicar as medidas de apoio extraordinário para as famílias economicamente vulneráveis; e de Maria José Vicente, coordenadora nacional da Rede Europeia Anti Pobreza, que irá dissertar sobre a importância dos processos participativos no caminho para a inclusão social.

Já às 15h30, os técnicos das entidades parceiras do Grupo de Trabalho da Rede Social de Coimbra que contribuíram para a concretização da exposição “Um Olhar Sobre a Pobreza e a Exclusão Social”, que será apresentada uma hora depois, vão explicar e refletir sobre a metodologia utilizada na criação da mostra, a “photovoice”, que alia a fotografia à intervenção social, proporcionando um espaço participativo e criativo sobre a realidade que se vivencia no momento. 

A exposição “Um Olhar Sobre a Pobreza e a Exclusão Social” é apresentada às 16h30. A mostra reúne fotografias captadas por utentes identificados pelas entidades parceiras que trabalham diretamente com famílias vulneráveis, nomeadamente a Associação Integrar, Centro de Apoio Social de Pais e Amigos da Escola – CASPAE, Cáritas Diocesana de Coimbra (através do Centro Comunitário de Inserção),  Centro de Assistência Paroquial de Santa Cruz – CAPSC, Centro de Acolhimento João Paulo II, Conferências de São Paulo, União de Freguesias de Coimbra e Ana Jovem – Equipa de Intervenção Direta – RAIZ.

“Um Olhar Sobre a Pobreza” é uma exposição itinerante, que vai estar patente em diversas organizações no concelho de Coimbra, iniciando-se nas Escolas, com arranque marcado para o dia 7 de novembro, na Escola Secundária D. Dinis. 

“Pretende-se que esta exposição, que vai passar por todas as Escolas sedes de Agrupamento e Escolas não Agrupadas, venha sensibilizar o público escolar para a realidade da pobreza, para a visão dos mais frágeis, para a geografia dos mais vulneráveis e para a importância e necessidade de juntos contribuirmos para uma sociedade mais coesa, do ponto de vista social”, afirmou, a este propósito, a ver Ana Cortez Vaz. 

Posts relacionados