Scroll Top

EXPOFACIC 2023, UM BREVE BALANÇO

Opiniao

A Expofacic 2023, feira festa de Cantanhede, chegou ao fim com uma forte adesão de público, constituindo por isso um êxito. Sendo uma referência regional e nacional, no género, a Expofacic assume-se como um espaço de negócios, promoção de marcas, empresas e instituições, de lazer, música, festa e acima de tudo de encontro. A diversidade do evento, com uma oferta de atividades que procuram agradar um vasto leque de público, constitui um elemento diferenciador resultando numa forte atratividade. Com um considerável número de stands, as empresas locais e nacionais divulgam a sua atividade, e as tasquinhas que promovem o que de melhor tem a gastronomia da região, são o centro aglutinador, em redor do qual tudo circula. 

Contudo e apesar do sucesso de mais uma edição devem-se retirar ilações dos aspetos que devem ser melhorados. Os espaços dedicados a freguesias e à educação sendo minimalistas, não dignificam, nem representam efetivamente o que de melhor têm e fazem. Reduzi-los a umas placas com fotografias, sem a presença dos seus representantes, das pessoas, dos alunos e da divulgação física das atividades que promovem e desenvolvem, é demasiado redutor e não promovem as referências locais e institucionais.

Mas o mais preocupante foi a manifesta falta de segurança, em particular, nos dias em que a lotação esgotou. A presença de muitas pessoas no evento faz parte do sucesso, mas é por demais importante acautelar a sua segurança e bem estar e foi precisamente isto que não foi garantido. Nem quero imaginar a tragédia que poderia ter acontecido na noite de sexta-feira, 4 de agosto, com a superlotação, em que mais parecíamos sardinhas enlatadas. Será um imperativo de segurança definir linhas de circulação, para que numa situação de emergência os profissionais de saúde possam chegar ao local do incidente com a máxima rapidez para prestar a devida assistência e se for o caso retirá-los do local. Aumentar a visibilidade dos meios de assistência e de socorro com a devida sinalização é outro aspeto que deve ser melhorado. 

Mais importante do que a presença de um número de pessoas, na linha obsessiva de bater recordes de participantes, o que para isso era necessário mais área, é garantir-lhes um sentimento de segurança e de conforto, sob pena de nas próximas edições virmos a assistir a uma redução do interesse e da participação.

A Expofacic é mais do que as festas dos concelho, são nacionais e garantir a segurança e o bem estar de todos é um dever de todos nós.

7 de agosto de 2023

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Abel Carapêto

Secretário Coordenador da Sessão do PS de Cantanhede

Posts relacionados