Scroll Top

DEBAIXO D’OLHO #38

debaixo d olho (2)

ABRIL, PALAVRAS MIL 

Falou-se de Abril, dia 25, no Atrium. 

Falou-se bem e assim, assim. 

Disseram-se coisas sentidas, fez-se de conta, talvez. 

Seja como for, ABRIL foi aplaudido, foi lembrado. 

Antes, no dia 24, em Cantanhede, ABRIL foi devidamente comemorado por professores e alunos na Academia de MÚSICA. E as palavras foram de memória e de esperança. 

ABRIL, A CANTIGA É UMA ARMA 

Em Cantanhede e em Mira ouvi as cantigas que nos marcaram, que nos deram toda a esperança nos dias que se querem claros. 

Miúdos e graúdos, quer num lado, quer noutro, recordaram, com as suas vozes, José Afonso, José Mário Branco, Ana Maria Teodósio, Sérgio Godinho, Samuel, Paulo de Carvalho e Ermelinda Duarte. 

FESTEJAR GASTRONOMICAMENTE 

Na Praia de Mira, festejou-se Abril no dia 25 de forma gastronómica e cultural. 

Sardinha assada, broa, cerveja, vinho e alguns poemas, encheram a festa. 

É HORA DE SAIR DE CENA 

Rui Pedro Rocha demitiu-se de presidente da Junta de Freguesia do Seixo e Jorge Santos bateu com a porta no Chega. 

Um assunto de que voltaremos a falar. 

MAIS UM DEGRAU 

Augusto Louro de Miranda continua a subir dentro do seu partido. Nas eleições para a distrital de Coimbra do Chega, o deputado municipal vai na lista A, a lista de continuidade que tem outra lista concorrente. 

Nota do autor: o desenho da imagem deste espaço é da autoria de João Colaço, recentemente falecido, que o fez nos anos 90 para o Jornal da Gândara em papel.   

 

 

Posts relacionados