Scroll Top

COMUNICADO: PSD MIRA: BATEU NO FUNDO E PASSA A ATAQUES PESSOAIS. FALTA DE LIDERANÇA E MÁ GOVERNAÇÃO ESTÃO À VISTA

comunicados
Vimos, desta forma, repudiar e condenar totalmente a postura adotada pelo PSD no comunicado publicado, nas redes sociais, hoje à tarde. Estamos absolutamente convictos que uma larga maioria das pessoas que votaram no PSD nas últimas autárquicas estão desiludidas e até envergonhadas com esta sequência de atitudes do PSD. O Concelho de Mira e as suas famílias merecem muito mais do que isto…respeito exige-se!
 
Da última reunião de Assembleia Municipal – primeira de Artur Fresco nas novas funções autárquicas – destacamos o seguinte: 
 
1. A situação económica do Município degradou-se nos últimos anos. A divida direta a fornecedores cresceu 1,1 Milhões de Euros, passando para 2 980 598,41€ e os compromissos por pagar em Agosto de 2023 são de 12 046 121,66€, representando, por isso, um aumento de mais 2 144 502,62€ relativamente ao período homólogo.
2. Que este executivo entrou na época do “vale tudo”, permitam-nos a expressão, para manter aquilo que são os seus lugares remunerados. A prepotência, aliada à falta de competência e humildade são gritantes. Em plena reunião de assembleia insultam mirenses e ao invés de apresentarem um pedido de desculpa, escondem as suas fragilidades com ataques de caráter a quem os interroga. Será que depois do que aconteceu na Assembleia Municipal ainda têm coragem de acusar outros? É preciso ter lata!
 
Foram eleitos em 2021 para governar. O que fizeram até hoje? Infelizmente, a questão já não pode ser respondida, porque o Presidente eleito abandonou o Concelho. Quem ficou, ao invés de governar competentemente, passou a fazer uma “caça às bruxas” a todos os elementos que questionam a situação do Concelho de Mira, especialmente ao Presidente da Comissão Política do PS, Francisco Reigota. Saberá o PSD que vivemos numa democracia? Porque será que querem silenciar quem os questiona? 
 
Depois de tudo o que aconteceu na Assembleia Municipal, exigia-se que o PSD de Mira se retratasse das palavras insultuosas e inapropriadas proferidas pelo seu Deputado, mas, mais uma vez, tentaram escrever um comunicado com o único objetivo de ludibriar e manipular os Mirenses.
 
O Partido Socialista de Mira afirma, perentoriamente, que continuará a ser uma oposição séria, empenhada e fortemente combativa a este executivo, por considerar que este não é o caminho certo para o Concelho de Mira. As nossas localidades e as nossas gentes merecem muito melhor.
 
Quem é competente, para se afirmar, não precisa de insultar, nem calar ninguém. Simplesmente se afirma pela qualidade, o que não tem sido o caso neste “novo” PSD.
 
Terminamos esta breve comunicação partilhando 5 temas, importantes na nossa perspetiva, e sobre os quais convidamos os Mirenses a fazer uma breve reflexão:
 
1º A Câmara Municipal de Mira recebeu alguns milhões de euros (verba não divulgada pelo executivo) com o abate de árvores. Onde aplicaram estas verbas?  
 
2º Estão vários processos judiciais a decorrer onde o Município e os seus representantes são visados. Porque será que nenhum elemento da Câmara, quando questionado, dá explicações sobre estes assuntos de forma objetiva e direta?
 
3º Nos anos 2022 e 2023, e até ao início do mês de Agosto de 2023, a Câmara Municipal de Mira não transferiu nenhuma verba para a Junta de Freguesia da Praia de Mira. Sabia que sempre existiram verbas de apoio às despesas correntes das Juntas e estes novos vereadores terminaram com este apoio? Qual será a razão?
 
4º Sabia que através da ABMG (a tal empresa das aguas), os senhores das Câmaras, contrataram a empresa – “Abreu: Advogados”, e moveram uma ação em tribunal contra Francisco Reigota? Quem será que pagou? E o que aconteceu?
 
5º Desde as eleições de 2021 quantos textos, com insultos e ofensas, foram feitos pelos elementos do PSD a Francisco Reigota e aos eleitos do PS? 
 
Se as coisas não corriam bem, pior ficaram e a primeira impressão deixada, por este “novo” executivo, não é boa e manifesta o desespero de quem não quer ver a sua vaidade e ego beliscados, negligenciando totalmente as populações. O Concelho de Mira, de dia para dia, está pior e merece outros intervenientes para liderar os seus destinos. O Partido Socialista de Mira continuará – quer os senhores do PSD queiram, quer não queiram – a assumir as suas ideias, a defende-las sustentadamente, tal como o seu projeto estratégico para o Concelho. 
   
 
A Seção do PS de Mira.
A Seção do PS da Praia de Mira
A Juventude Socialista.
Os deputados municipais do PS Mira.
Os vereadores do PS Mira.
A Comissão Politica do PS Mira.

Posts relacionados