Scroll Top

COIMBRA COM PRESENÇA DE REFERÊNCIA NO PORTUGAL SMART CITIES SUMMIT

DO OUTRO LADO

A participação de Coimbra no Portugal Smart Cities Summit, o maior evento nacional sobre cidades inteligentes, foi um sucesso. O stand da Câmara Municipal (CM) voltou a juntar instituições e empresas da cidade e teve, pela primeira vez, uma programação própria, conseguindo criar uma dinâmica inédita no espaço e levar a Lisboa várias conversas informais sobre diferentes temáticas, tais como o empreendedorismo e futuro da mobilidade na cidade, a formação de talentos, os desafios do setor da água ou o município enquanto laboratório vivo de experimentação. Foi, também, no palco do stand que a autarquia apresentou o vídeo #Coimbra, the right place to be, o iParque e projetos como o Creating Actionable Futures (CrAFt) ou o @Baixa Coimbra.

Coimbra esteve representada, de 11 a 13 de outubro, no Portugal Smart Cities Summit 2022, na Feira Internacional de Lisboa. O stand da autarquia foi palco de inúmeras iniciativas, entre elas a apresentação do vídeo #Coimbra, the right place to be, do iParque e dos projetos CrAFt e @Baixa Coimbra, de conversas informais sobre várias temáticas no âmbito das cidades inteligentes e sustentáveis, e da apresentação de projetos do concurso The Future City Challenge, promovido pela Critical Software e pela CM Coimbra, e do clube de robótica da Escola Secundária Avelar Brotero.

As smart talks imprimiram outra dinâmica ao espaço e captaram a atenção do público do evento, decorrendo, sempre, com o auditório lotado. No primeiro dia, empresas e agregadoras debateram o ecossistema empresarial e empreendedor de Coimbra e os seus desafios para o futuro. Nos dois painéis participaram Rui Nuno Castro [Alpha Coimbra], Miguel Antunes [Nest Collective], Hélder Lóio [URUBU], Ana Carvalho [Lufapo Hub], Basílio Simões [Cleanwatts], Manuel Barata Tovar [The Loop Co.], Paulo Caridade [Primelayer] e Pedro Resende [OWL].

O segundo dia contou com três smart talks. A primeira dedicada à formação de talentos na área da sustentabilidade, que teve como orador principal o coordenador do mestrado “Cidades Sustentáveis e Inteligentes” do Instituto Superior de Engenharia de Coimbra, Silvino Capitão. Já da parte da tarde, debateu-se a água e os atuais desafios do setor, numa conversa que com a participação do presidente do Conselho de Administração das Águas de Coimbra, Alfeu Sá Marques, e do professor da Universidade de Aveiro, Armando Silva Afonso, moderada pelo engenheiro civil de formação, com especialização em Ordenamento de Território, João Rebelo. A última smart talk do dia foi sobre a cidade enquanto laboratório vivo de experimentação e contou com a participação de Gonçalo Silva, do FIKALAB, João Sá, do Clube de Robótica da Escola Secundária Avelar Brotero, Jorge Pimenta, do IPN, e foi moderada por Nuno Pimenta, do #CoimbraCityLab e da Câmara Municipal. 

A programação do evento encerrou, no dia 13 de outubro, com a smart talk dedicada ao futuro da mobilidade em Coimbra. Uma conversa que passou em streaming nas redes sociais da autarquia e juntou a vereadora da Mobilidade e presidente do Conselho de Administração dos SMTUC, Ana Bastos, o administrador executivo da Metro Mondego, Eduardo Barata, o gestor de empreendimentos da Infraestruturas de Portugal, João Carlos Fernandes, o diretor de operações da BOLT, Mark Mollet, e o presidente da ACEMEL – Associação dos Comercializadores de Energia no Mercado Liberalizado, Ricardo Nunes. Um debate moderado por Miguel Santos Costa, da CM Coimbra.

Foram, assim, três dias em que Coimbra marcou uma forte presença no Portugal Smart Cities Summit, juntando no stand da autarquia instituições de referência da cidade e agregadoras, empresas e startups que trabalham na área das cidades inteligentes, entre as quais a Universidade de Coimbra e a UC Business, o Instituto Politécnico de Coimbra (IPC) e o INOPOL, o Instituto Pedro Nunes (IPN) e a IPN Incubadora, a Metro Mondego, a BOLT, o iParque, as Águas de Coimbra e os SMTUC, o Itecons, a The Things Network e o FIKALAB (o laboratório da Critical Software), a Alpha Coimbra, o Nest Collective, a URUBU, a The Loop Co., a Primelayer, a Cleanwatts, a OWL, a Exo, entre outras. A Praxis e a ADOC – Associação de Doceiros de Coimbra também estiveram no espaço, promovendo respetivamente a cerveja e a doçaria do concelho.

O Portugal Smart Cities Summit é o maior evento nacional sobre cidades inteligentes. Um evento organizado pela Fundação AIP, que se assume como “o marketplace físico de criação de oportunidades de negócios entre empresas, universidades, associações, startups e municípios, com um objetivo comum de debater o futuro das smart cities e melhorar a vida dos cidadãos”, lê-se no website do evento. “No Portugal Smart Cities participam cidades inclusivas, que tem como objetivo a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos, dar a conhecer as suas valências e as suas boas práticas, numa perspetiva de atração de investimento”, adiantou a Fundação AIP em nota de imprensa.

Posts relacionados