Scroll Top

CM DE COIMBRA E SOCIEDADE PORTUGUESA DE LITERACIA EM SAÚDE FORMALIZAM PROTOCOLO “COIMBRA + SAUDÁVEL”  

DO OUTRO LADO

A Câmara Municipal (CM) de Coimbra e a Sociedade Portuguesa de Literacia em Saúde (SPLS) assinaram no dia 22 de janeiro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, um protocolo de colaboração denominado “Coimbra + Saudável”, que se vai traduzir na realização de projetos conjuntos de sensibilização dos cidadãos do concelho, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida de todos, assim como a tomada de decisões mais responsáveis e conscientes na área da saúde. O protocolo foi assinado pelo presidente da Câmara, José Manuel Silva, e pela presidente da SPLS, Cristina Vaz de Almeida, numa sessão que contou com a participação de diversas entidades da área da saúde parceiras da SPLS e do Município. 

Partindo da premissa “cidadãos informados são cidadãos mais saudáveis”, a CM de Coimbra assinou com a SPLS o protocolo de cooperação “Coimbra + Saudável”, que pretende ter uma abordagem diferenciadora, promotora de uma conscientização global na área da saúde, nomeadamente sobre o melhor acesso, compreensão e utilização correta dos recursos existentes na comunidade. 

O protocolo tem por objetivo a consciencialização dos munícipes para a promoção da saúde, prevenção da doença, adoção de estilos de vida saudável e procura, ainda, identificar as necessidades da população na área da saúde e do bem-estar e conceber o projeto “Influencers Saudáveis”, para divulgação e disseminação da informação sobre os recursos disponíveis e adequados na comunidade, a par da desmistificação de mitos ou crenças.

Constituída a 19 de janeiro de 2022, a SPLS é uma associação sem fins lucrativos, de caráter científico e formativo que prossegue fins científicos, formativos, técnicos, organizativos, éticos e humanos na promoção, desenvolvimento e aperfeiçoamento da prática da Literacia em Saúde. que está patente na Estratégia Municipal de Saúde, expressa, em particular, no eixo 5.  

A SPLS promove junto das comunidades o melhor conhecimento da literacia em saúde e dos seus efeitos positivos, bem como contribui para a educação e promoção da saúde dos cidadãos, para o reconhecimento do seu valor social e clínico no esclarecimento de conceitos, atitudes e comportamentos individuais, grupais e comunitários e colabora, ativamente, com as autoridades sanitárias para prestação de apoio na reflexão de melhores caminhos em projetos de literacia em saúde. 

A SPLS realiza, também, parcerias nacionais e internacionais para o desenvolvimento de projetos de literacia em saúde, mediante a celebração de protocolos e outros instrumentos jurídicos com entidades públicas, sociais, privadas, nacionais e estrangeiras. Este protocolo, aprovado na reunião de Câmara de 18 de dezembro, não acarreta qualquer custo direto para o Município de Coimbra.

Posts relacionados