Scroll Top

CM DE COIMBRA DEBATE INCLUSÃO E AUTONOMIA A 28 DE SETEMBRO NO AUDITÓRIO DO ISCAC

DO OUTRO LADO

A Câmara Municipal (CM) de Coimbra, através do Gabinete para a Igualdade e Inclusão e em estreita articulação com a Rede Social de Coimbra e o Grupo de Trabalho das Pessoas com Deficiência, realiza a 3ª Edição do Encontro Desafiar a Inclusão, sob o tema “Os Desafios da Autonomia”, no próximo dia 28 de setembro, entre as 9h00 e as 12h30, no auditório do ISCAC – Coimbra Business School. O evento é gratuito, mas a inscrição é obrigatória e deve ser efetuada através do formulário https://forms.gle/2WeRt3R8Bs6n4naY9

A procura pela autonomia, os desafios que afetam diretamente a capacidade das pessoas conquistarem essa autonomia, o papel fundamental dos cuidadores formais e informais na vida dos indivíduos com necessidades especiais e o estigma e a discriminação que ainda persistem na nossa sociedade, dificultando a plena participação das pessoas com deficiência, são os temas em debate previstos para a 3ª Edição do Encontro Desafiar a Inclusão, que é aberto a toda a comunidade e não apenas às instituições. O evento é gratuito, mas a inscrição é obrigatória e deve ser efetuada através do formulário https://forms.gle/2WeRt3R8Bs6n4naY9

A sessão de abertura começa às 9h30 e vai contar com a participação do diretor do Departamento de Ação e Habitação Social, Francisco Rodrigues, e da chefe do Gabinete para a Igualdade e Inclusão da CM de Coimbra, Elsa Branquinho.

O primeiro painel de debate do dia, com início às 9h45, com o tema “A Sustentabilidade das Instituições”, vai ser moderado por Isabel Craveiro, de O Teatrão, e conta com a participação do professor Manuel Miranda e do procurador-geral adjunto da Procuradoria Regional de Lisboa e sócio da Associação Portuguesa de Deficientes, João Luís Gonçalves.  

A partir das 10h30, vai decorrer a sessão “Cuidadores (In)formais e Vida Dependente”, moderada por Jorge Ferreira, da Divisão de Ação Social da CM de Coimbra, e com a participação de Manuel Miranda e Rita Joana Maia, que vão apresentar os seus testemunhos pessoais sobre o tema, e Ângela Resende, da ACAPO – Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal.

Às 11h30, tem início o terceiro painel, intitulado “Preconceito em Ambiente Social”, moderado por Sónia Santos, da AFSD – Cavalo Azul, e com a participação de Rita Serra, da Associação Portuguesa Voz do Autista, Celina Carvalho, da PaisPar – Pais em Partilha, da Associação Nacional de Intervenção Precoce, Dídia Lourenço, da Bengala Mágica, e Susana Duarte, da Creche e Jardim de Infância Dandélio, da Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) de Coimbra.

A sessão de encerramento está prevista para as 12h30 e vai contar com a intervenção da vereadora da Ação Social da CM de Coimbra e presidente do CLAS/Coimbra, Ana Cortez Vaz. “Este encontro pretende ser mais um passo para uma Coimbra mais inclusiva, com respeito e lugar para todos e para todas”, explica a vereadora. “Será, sobretudo, um espaço para reflexão sobre as pessoas com deficiência e de que forma é que entidades e comunidade podem interferir para uma sociedade mais coesa socialmente, mais inclusiva e mais integrativa”, acrescenta Ana Cortez Vaz.

Posts relacionados