Scroll Top

CM COIMBRA PROMOVE QUATRO VISITAS GUIADAS EM SETEMBRO

DO OUTRO LADO

A Câmara Municipal de Coimbra integra na sua oferta turística quatro visitas guiadas programadas para o mês de setembro. O património natural da cidade, os amores de Pedro e Inês, Miguel Torga e a cervejaria artesanal fazem parte dos itinerários que permitem conhecer o património edificado, natural e imaterial da cidade. A participação nas visitas é gratuita, mas requer inscrição prévia através do telefone 239702630, do e-mail roteirosdecoimbra@cm-coimbra.pt, ou presencialmente, na Casa Municipal da Cultura, sita na rua Pedro Monteiro.

 

No mês de setembro, o programa de visitas guiadas promovido pela CM Coimbra convida a revisitar os lugares românticos de Pedro e Inês, a cidade contemporânea de Miguel Torga e a desfrutar do património natural. Realce ainda para a cervejaria artesanal, apelando à sua reabilitação e ao contributo de todos para a sua preservação.

 

Estas visitas temáticas são dirigidas ao público em geral, acolhendo um mínimo de seis e um máximo de 25 participantes, com exceção da visita à cervejaria artesanal, com um número máximo de 20 pessoas. A participação nas visitas é gratuita, mas requer inscrição prévia através do telefone 239702630, por email (roteirosdecoimbra@cm-coimbra.pt), ou presencialmente, na Casa Municipal da Cultura, sita na rua Pedro Monteiro. Só serão consideradas inscrições até às 15h00 do último dia útil antes da data da realização da visita.



Programação completa de setembro:

 

Dia 01 setembro | 15h00 | Era uma vez … Pedro e Inês

Visita guiada aos espaços evocativos dos amores de Pedro e Inês, cujo tema histórico se manteve vivo no imaginário coletivo, ao longo de séculos, através da sua lenda. A Quinta das Lágrimas, cenário dos amores proibidos do príncipe D. Pedro e de D. Inês de Castro, inspirou Luís Vaz de Camões na obra maior da literatura portuguesa, “Os Lusíadas”, perpetuando no tempo os encontros e desencontros deste lendário amor. Episódio ímpar da história de Portugal que melhor define o sentimento português, traduzido na palavra Saudade, e que tantos autores inspirou nas diferentes áreas artísticas, como seja: a literatura, a música, a escultura, a pintura, a arquitetura, entre outros. 

Com esta visita guiada, Coimbra mostra-se uma vez mais como lugar central na história de Portugal ao perpetuar o lendário amor e o seu romantismo, envolvendo o visitante num dos mais belos episódios de amor da história universal, potenciando e valorizando desta forma alguns dos mais emblemáticos lugares desta cidade.

Gratuito 

Ponto de encontro: entrada de visitantes na Quinta das Lágrimas (Rua José Vilarinho Raposo)

 

Dia 06 setembro | 15h00 | Cervejaria Artesanal

Visita guiada que dá a conhecer a história da cerveja, desde a sua criação, atribuída a Osíris pelos egípcios, até aos nossos dias. Esta visita irá dar a conhecer a história da cerveja, a sua evolução, até à introdução da mesma em Portugal e em particular na cidade de Coimbra, focando aspetos da história e localização de algumas fábricas e marcas que continuam ainda hoje a fazer parte do imaginário conimbricense.

O objetivo da visita é divulgar algumas das marcas icónicas desta produção ancestral, valorizando-as tanto ao nível da sua história e património, como reconhecendo o seu contributo para a valorização de Coimbra como Cidade do Conhecimento e para a sua memória que ainda resiste no Museu da Cerveja.

Gratuito

Ponto de Encontro: Grupo Escultórico “Sob o Signo de Inês” junto à rotunda das Lages

 

Dia 20 setembro | 15h00 | Coimbra n’A Criação do Mundo, de Miguel Torga

Visita guiada a espaços exteriores associados ao percurso estudantil, intelectual e profissional do Poeta transmontano que “se pudesse recomeçar a vida gostaria de ser mais poeta ainda”. Poeta de grande importância para a literatura portuguesa, cuja obra traduz não só a sua rebeldia contra as injustiças e o seu inconformismo perante os abusos de poder, mas também reflete o seu apego à ruralidade e à Terra.

Com esta visita pretende-se desafiar a curiosidade dos turistas para a obra de António Nobre e o seu contributo na afirmação e desenvolvimento da literatura portuguesa, bem como promover o património literário português, com especial enfâse no contributo intelectual que Coimbra tem como centro difusor e produtor de cultura.

Gratuito

Ponto de Encontro: Praça D. Dinis

 

Dia 22 de setembro | 15h00 | Lapa dos Esteios

Visita guiada à Lapa dos Esteios, varanda natural sobre o rio Mondego, de tipologia romântica, organizada em pequenos patamares desnivelados, que acompanham o declive da antiga Quinta das Canas e que nos transporta para o imaginário romântico das celebrações à Primavera, feita por académicos em finais do século XIX. Coimbra, Cidade do Conhecimento, é também, sem dúvida, a Cidade do Romantismo, a que tem mais encanto na hora da despedida, deixando no coração de quem parte o eterno sonho de um dia regressar e de perpetuar, em versos de vivências passadas, mas sempre atuais, a mística de viver esta cidade singular.

A visita pretende preservar, na memória coletiva, a importância de um património único, espaço de memórias e de paixão, que, pela sua história e tradição, permanece vivo na memória nacional, constituindo-se, ao mesmo tempo, como um importante motivo de atração turística.

Gratuito

Ponto de Encontro: entrada da Lapa dos Esteios: GNR- Guarda Fiscal / Quinta das Canas, Lages.

Posts relacionados