Scroll Top

CHEIAS EM COIMBRA SÃO TEMA DE EXPOSIÇÃO NA BIBLIOTECA MUNICIPAL

DO OUTRO LADO

Um conjunto de fotografias que ilustram algumas das cheias ocorridas em Coimbra são o principal foco da exposição “Memorizar Coimbra”, que a Câmara Municipal (CM) de Coimbra divulga, no âmbito da programação regular disponibilizada pela Biblioteca Municipal, com o intuito de valorizar o acervo imagético municipal. A mostra tem entrada livre e pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 10h00 às 19h30 e aos sábados, das 11h00 às 13h00 e das 14h00 às 19h00. 

No âmbito de mais uma edição da exposição “Memorizar Coimbra – Fotografias do Acervo Municipal”, vai estar patente, a partir da próxima sexta-feira, dia 11 de novembro de 2022, e até ao dia 31 de janeiro de 2023, na Biblioteca Municipal, um conjunto de registos fotográficos, captados em décadas distintas do século XX por diferentes fotógrafos, como David d’Almeida Carvalho, Varela Pècurto ou Formidável, entre outros (não identificados).

“Memorizar Coimbra” é uma iniciativa de carácter expositivo e regular que a CM de Coimbra promove, tendo por base um tema comum – Coimbra – e que decorre na Biblioteca Municipal, instalada na Casa Municipal da Cultura.

Além de dinamizar o equipamento municipal, este projeto de âmbito cultural cumpre o propósito de divulgar o acervo imagético municipal, designadamente, aquele existente no serviço da Imagoteca da Biblioteca Municipal de Coimbra. Desta vez, vai ser difundido um conjunto de fotografias que ilustram a ocorrência de cheias na cidade de Coimbra, que permitem conhecer um território de outros tempos em que o Rio Mondego deixou marcas de inundações, sobretudo, na Baixa de Coimbra e que perduram na memória coletiva dos conimbricenses.

A mostra tem entrada livre e pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 10h00 às 19h30 e aos sábados, das 11h00 às 13h00 e das 14h00 às 19h00, encerrando aos domingos e feriados.

Posts relacionados