Scroll Top

CAMPANHA DE DOAÇÃO E PARTILHA DE LIVROS DO POLITÉCNICO DE COIMBRA JÁ JUNTOU MAIS DE 400 EXEMPLARES 

DO OUTRO LADO

Mais de 400 livros foram recolhidos no âmbito da primeira fase da campanha de recolha de livros intitulada A Magia está na Partilha” do Politécnico de Coimbra. Dinamizada pelo Gabinete de Comunicação Institucional e Imagem e pelo Serviço de Saúde Ocupacional e Ambiental, a campanha foi lançada em dezembro passado com o objetivo de dar a possibilidade de acesso aos mais variados livros a qualquer membro da Instituição, promovendo hábitos de leitura e incentivando o espírito de partilha entre membros da Comunidade.

 

Os livros doados pelos elementos da comunidade e colocados em pontos de recolha previamente definidos (em todas as escolas do Politécnico de Coimbra, nos Serviços Centrais, no INOPOL Academia de Empreendedorismo e no Centro Cultural Penedo da Saudade) foram recolhidos e no dia 14 de fevereiro, Dia Internacional da Doação de Livros, foram redistribuídos por diversos espaços do Politécnico de Coimbra, iniciando nos dois complexos de residências de estudantes dos Serviços de Ação Social do IPC, ficando disponíveis para levantamento público.

 

Ana Ferreira, vice-presidente do IPC, assinala o sucesso da iniciativa junto da comunidade. “Foi com satisfação que verificámos uma grande adesão a esta campanha, pelo que decidimos prolongar a duração e manter os pontos de recolha de livros à disposição de quem quiser colaborar com a doação de mais livros”, afirma. Segundo a responsável, esta ação tem várias finalidades alinhadas com a missão do Politécnico de Coimbra: aliar a promoção da leitura ao incentivo à economia circular, assente nos conceitos da redução, reutilização e reciclagem de materiais, assumindo desta forma as suas responsabilidades na promoção de um campus mais sustentável nas suas variadas vertentes. “Queremos proporcionar momentos únicos de partilha e de leitura entre a comunidade do IPC”, conclui.

 

Todos os livros têm um marcador com um QRcode, onde o leitor poderá identificar onde recolheu o livro e qual a sua experiência de leitura. No final da campanha, estes dados serão analisados para traçar o caminho feito pelos livros partilhados e o contributo alcançado na dinamização de hábitos de leitura junto da comunidade.

Posts relacionados