Scroll Top

CAIXA DE PANDORA #53

Opiniao

AQUELA EMPRESA E AS QUEIXAS

Encontro muita gente a queixar-se da subida vertiginosa do preço da água desta empresa que a gere agora. E, ouço, a qualidade não é a melhor.

E AINDA OS PROCESSOS

Quem está atento, saberá que a dita empresa que gere a nossa água processou uns quantos indivíduos por causa do que disseram, do que criticaram, em relação á dita empresa onde se irmanam os municípios de Montemor-o-Velho, de Mira e de Soure.

Mas, ouvi junto de uma fonte geralmente bem informada: parece que a coisa não correu como eles, acusadores, pretendiam.

SÓ OS BURROS NÃO MUDAM

Andam por aí a dizer que aqueles que mais criticam o atual edil mirense…já o apoiaram e até fizeram parte das suas listas. E depois?

Só os burros não mudam

QUEM NÃO CHORA, NÃO MAMA

Esta foi-me dita ao ouvido por alguém que me veio com a conversa, já batida, do presidente mirense se preparar para rumar até à presidência da Turismo do Centro.

Depois de algumas frases feitas a propósito, disse. Quem não chora, não mama.

Pois!

ELES NEM SE APERCEBEM

Seja aqui, seja onde for, ainda encontramos alguns políticos acabados que não se aperceberam, ainda que a sua influência já era.

Bem podem continuar a prometer que resolvem isto, mais aquilo, junto desta ou daquela entidade.

Só os distraídos acreditam.

O seu tempo de glória já acabou.

ADEUS, ADEUS

Esta noite sonhei que algo ia acontecer e vi-me numa grande confusão, dentro de um magote de gente.

Afinal, quando acordei é que reparei que, na televisão, passavam imagens sobre uma procissão em Fátima.

O adeus repetido vinha do pessoal que, assim, se despedia da senhora que foram ver ao santuário.

Até quarta-feira, abraços.

Patty Diphusa nasceu nas terras de Mira em 1974 e um dia, quando todos estavam distraídos, meteu pés ao caminho e foi por aí. Hoje, atenta ao que se passa na terra onde nasceu, vai vendo e vai escrevendo sobre coisas que vão surgindo. Sobre coisas que a rodeiam.

 

Posts relacionados